sexta-feira, 24 de abril de 2009

Itabuna vai aplicar justiça restaurativa

Um convênio celebrado ontem em Itabuna, entre o Tribunal de Justiça e a Secretaria de Educação do Estado, criou o projeto Justiça Restaurativa, que vai atuar em escolas no município.
De acordo com a parceria, conflitos envolvendo alunos ou professores serão resolvidos através de círculos restaurativos formados por representantes de professores e alunos, líderes comunitários e a equipe técnica da Vara da Infância e Juventude de Itabuna.


O juiz Marcos Bandeira, titular da Vara da Infância e Juventude da comarca, disse que com o projeto, implantado inicialmente no Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (Cionf), da rede estadual, os conflitos passam a ser resolvidos não de forma verticalizada e autoritária, como na Justiça tradicional, mas de forma consensual, horizontalizada e democraticamente.


Fonte: TJ

Nenhum comentário: