quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

A força do dinheiro

Por motivos maiores não conseguir fazer meu comentário político ontem. Agora pela manhã vou falar não sobre o campeonato baiano, mas a força do dinheiro, não do time, mas das ações fora de campo por parte de alguns.

Quem esteve no Lomantão no último domingo teve a oportunidade de receber uma das três tabelas, pelo menos que observei, que eram entregues. A primeira do nosso site, co-irmão, Tribuna da Conquista, outra do programa de rádio cidade esportes e por fim do blog da resenha geral.

Os dois primeiros, com poucos recursos financeiros fizeram um investimento mais modesto e que de maneiras diferentes levaram ao torcedor as informações necessárias. A resenha geral, com um gasto muito maior, mostrou que o real não era divulgar o time, mas sim uma possível candidatura de quem comanda o programa na rádio e por conta disso muito mais vultuoso e com mensagem subliminar.

Acho que faltou apenas a propaganda do pré-candidato a governador, o ministro Geddel.

É isso, a força do dinheiro conta e muito nessas horas. Para outros é interessante como pode transpor a barreira dos parcos recursos e mostrar que é possível do mesmo jeito fazer um bom trabalho.

Nenhum comentário: