quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

“Filhos” com padrinho forte

O tradicionalíssimo bloco baiano Filhos de Gandhy só desfilou com tranquilidade pelas ruas de Salvador no Carnaval que passou por força de uma mãozinha caprichada do Ministério da Cultura.

O bloco tentou a aprovação de um projeto para captar 1,1 milhão de reais, via Lei Rouanet. O parecer técnico do ministério da Cultura foi contra.

Mas a reunião que na semana passada discutiu as centenas de pedidos de enquadramento na Lei Rouanet decidiu aprová-lo na lei do incentivo “contrariando a recomendação do parecer técnico”. É aquela história: quem tem padrinho, não morre…
Por Lauro Jardim

Nenhum comentário: