segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Prefeito João Henrique é um dos políticos mais infiéis

O prefeito de Salvador, João Henrique, assinou nesta segunda-feira a sua ficha de filiação ao Partido Progressista. Desde quanto entrou na prefeitura da capital baiana em 2005, João Henrique figurou em três partidos (PDT, PMDB e PP).

Eleito pelo PDT ficou por quase três anos no partido quando mudou para o PMDB. Nessa mesma época flertou com o PT mas recuou devido a negativa de Nelson Pellegrino e Walter Pinheiro.

Após entrar no PMDB, João Henrique jurou amor eterno a Geddel Vieira Lima. Este inclusive como o maior cabo eleitoral da campanha de 2008 de João, pois era ministro e despejou dinheiro de seu ministério e prestígio em Salvador, fazendo com que João revertesse a derrota iminente no pleito e vencendo o PT de Walter Pinheiro no segundo turno.

Agora, com Geddel fora do poder o que faz João? Pula de barco e se agarra em outro ministro: Mario Negromonte. O ministro das Cidades comanda o PP há algumas anos na Bahia e é cria de ACM. Quando Paulo Souto perdeu as eleições em 2006, Negromonte passou para o lado de Wagner e não desgrudou mais. João Henrique, precisando de mais verbas para Salvador deu bye bye par ao PMDB e pronto, achou seu berço esplêndido.

Resta saber se ele terá lugar ao sol em 2014 com os deputados federais Mario Negromonte e João Leão e o vice governador Otto Alencar. Agora é esperar para ver.

Nenhum comentário: