quarta-feira, 16 de março de 2011

Aleluia: Wagner se beneficia da 'herança bendita' dos governos anteriores

“Incapaz de atrair grandes investimentos empresariais para a Bahia, o governador Jaques Wagner (PT) comemora as ampliações da Continental Pneus e da Ford, empreendimentos que vieram para o estado graças ao empenho e trabalho de governos anteriores. E os petistas ainda ficam reclamando de herança maldita”, ironiza o presidente da Fundação Liberdade e Cidadania, o ex-deputado federal, José Carlos Aleluia (DEM).

Para Aleluia, as ampliações não só da Continental e da Ford, mas também da Veracel, Nestlé e Azaléia, são provas irrefutáveis de que havia uma política séria e eficaz de atração de investimentos nas administrações anteriores, que não teve continuidade no governo petista. “Qual foi mesmo o grande projeto industrial que se instalou na Bahia durante o governo Wagner, que tenha sido mérito dele”, questiona.

Na avaliação do ex-deputado federal, o que se tem visto é o desvio dos investimentos para outros estados. “A fábrica de eteno verde da Braskem foi para o Rio Grande do Sul, o pólo têxtil está indo para Pernambuco, a Toyota optou por São Paulo. E a Fiat não quis nem saber da Bahia. Foi também para Pernambuco”.

Aleluia considera que o PT gosta mesmo é de subestimar a memória e a inteligência dos baianos com uma massiva propaganda enganosa de que a Bahia nunca esteve tão bem. “Do jeito que divulgam a ampliação da Ford, fica parecendo até que foram eles que conseguiram trazer a montadora para a Bahia. Na verdade, os petistas foram contra e Jaques Wagner foi um dos que votaram contra a vinda da Ford no Congresso Nacional”.

Nenhum comentário: