sexta-feira, 9 de setembro de 2011

SBT quer ser parceiro da Globo no futebol

O SBT quer se aproximar da Globo através de contratos de parcerias nos moldes do acordo entre ela e a Bandeirantes. A emissora de Silvio Santos desistiu há muito da briga pelos direitos do futebol, mas ainda pretende fazer algo na área do esporte, como uma coluna fixa nos telejornais.

A Globo estaria disposta a dialogar. Entre as vantagens que a parceria pode estabelecer está a participação da audiência do canal concorrente. Embora restrito aos bastidores, o assunto pode ganhar maiores proporções nos próximos dias.

Audiência x faturamento
O futebol continua sendo boa fonte de faturamento, ainda que a audiência não acompanhe o andar da carruagem. Enquanto um sobe o outro cai. A Globo vai anunciar o pacotão de futebol 2012 com preços mais altos. De acordo com Keila Jimenez, o valor de tabela de cada uma das cotas (total que varia de cinco a seis) será de R$ 180 milhões. O aumento é de 34% em relação ao pacote de 2011, em que cada uma custou R$ 134 milhões.

Entretanto, a audiência não justifica a evolução. O Brasileirão, por exemplo, teve queda de quase 25% de ibope, o que representa perda de um telespectador em cada quatro. O Campeonato registrou 26 pontos em 2006 e cada cota valia R$ 86 milhões. Em 2008, com 20 pontos de média, o valor era de R$ 105 milhões. Com 23 pontos, em 2009 o preço era de R$ 121 milhões cada uma. Já em 2010 e 2011, os índices foram em torno de 21 pontos. Cada ponto equivale 58 mil domicílios na Grande SP.

Os principais campeonatos estaduais, Brasileirão, Libertadores e os jogos da seleção estão inclusos neste pacote.
AdNews

Nenhum comentário: