quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Comunista promete doar a metade do salário que receber, caso eleito vereador

O pré-candidato a vereador pelo PCdoB, Toni Alcântara, afirmou nesta terça-feira (05), que caso eleito doará “50% do seu salário de vereador (caso eleito, evidentemente) às obras sociais voltadas para crianças e adolescentes”. 

Em 2004, após eleito pela primeira vez, Jean Fabrício em entrevista a uma emissora de televisão, prometeu que doaria os subsídios que iria receber como vereador também para obras sociais. Toni é meu amigo mas não será desse jeito que irá conquistar mais votos. 

Não acredito nesses afirmações e o eleitor em geral não deve acreditar. Como diz minha amiga Bia Oliveira, são promessas "eleiçoreiras", promessas de período pré e eleitoral em que o eleitor deve verificar. 

Na última sexta-feira outro que falou sobre doações foi o advogado contratado pela prefeitura para acompanhar os trâmites do Porjeot de Lei sobre a criação da Fundação Esaú Matos. Celso Castro afirmou que doará os R$ 200 mil que vai receber pelo trabalho, conforme divulgado pelo TRIBUNA DA CONQUISTA recentemente.

Gostaria e muito que ele doasse o dinheiro para o SUS de Vitória da Conquista. Valor esse que ajudaria e muito para minorar os problemas de saúde na cidade.

Nenhum comentário: