domingo, 30 de outubro de 2011

Diário no Hospital – IV

Sabrina ficaria no hospital até a segunda-feira, 17 de outubro, mas minha ida até o local foi até domingo, um dia antes, principalmente por causa da insônia que tive em dois dias seguidos. 

Diversas crianças saíram no domingo. Dos 17 internados, ficaram 09, quase a metade da quantidade que estava e menos barulho, principalmente porque aquelas que melhoraram voltavam ao normal no hospital mesmo, brincando, correndo e gritando de um lado para o outro. 

Sabrina fez isso com pouca intensidade no sábado, mas no domingo a noite se apimentou e parecia que estava em casa. Sapeca que só, tomou conta do hospital, menos da cozinha, onde precisava pedir autorização para comer alguma coisa. 

Já com a alimentação normal, eu cansei de escutar no hospital: “pai, que horas vem a sopinha?; “pai, quero bolacha de sal. Pede para mim”. E assim por diante. 

Sei que essa foi a segunda vez que aminha bebezona Sabrina ficou internada. A primeira foi por 16 dias quando nasceu. Como era prematura, passou pela UTI e pela Semi-UTI. Agora por cinco dias. 

Mas, quando as coisas acontecem com nossos filhos, o mundo para e tudo o que está ao redor fica em segundo ou terceiro plano.

Nenhum comentário: