sábado, 19 de novembro de 2011

Cerca 20 mil audiências serão suspensas com paralisação dos juízes do trabalho

A Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho) anunciou nesta quinta-feira (17/11) que 3600 juízes de todo o Brasil paralisarão suas atividades no próximo dia (30/11).

A paralisação irá suspender aproximadamente 20 mil audiências em todo o país. Os juízes defendem mais segurança para trabalhar, uma política previdenciária adequada e o respeito à Constituição na recomposição das perdas inflacionárias de seus vencimentos. "Lamentamos profundamente os transtornos que causaremos, mas nós, que defendemos a legislação trabalhista há 70 anos, precisaremos parar um dia para defender os nossos direitos também", afirmou o presidente da Anamatra, Renato Sant'Anna. "Não gostaríamos de ter chegado a esse ponto, mas não temos alternativa diante do impasse institucional entre os Poderes e as especulações de concessão de recomposição de cerca de 5%, muito abaixo do devido".

Os magistrados farão atos em seus estados, organizados pelas associações regionais. Os juízes federais, representados pela Ajufe, também anunciaram, dias atrás, que irão paralisar suas atividades no dia 30, em conjunto com os juízes do trabalho.


Fonte: Última Instância

Nenhum comentário: